Anonim

O maior navio híbrido plug-in do mundo atingiu a água pela primeira vez com uma enorme capacidade de bateria equivalente a 50 baterias Tesla.

Já vimos navios totalmente elétricos, mas são principalmente balsas operando a curtas distâncias.

Os operadores da primeira balsa totalmente elétrica na Noruega, o 'Ampere', relataram algumas estatísticas impressionantes depois de operar o navio por mais de dois anos. Eles alegam que a balsa totalmente elétrica reduz as emissões em 95% e os custos em 80%.

Muito mais balsas ficaram elétricas e mais estão sendo encomendadas.

Para rotas mais longas e navios maiores, estamos começando a ver a adoção de motores híbridos plug-in, como carros híbridos plug-in.

Relatamos um mega iate movendo-se elétrico com um trem de força híbrido plug-in no início desta semana.

Agora, estamos vendo um navio muito maior recebendo um trem de força híbrido plug-in semelhante, embora superdimensionado.

Color-Hybrid-CLL-28641- Foto_CR_ULSTEINPer_Eide_Studio Color-Hybrid-CLL-28720- Foto_Oclin Color-Hybrid-CLL-28810- Foto_UAVPIC

A Color Line, operadora de cruzeiros na Noruega, recebeu hoje o que eles acreditam ser "o maior navio híbrido plug-in do mundo", o M / S Color Hybrid:

“O Color Hybrid emprega novas soluções para reduzir ruídos e emissões. O navio é um híbrido plug-in e suas baterias de cinco megawatts-hora são carregadas por um cabo de energia com energia ecológica das usinas de energia costeira no cais de Sandefjord. O navio entrará e sairá do fiorde de Sandefjord virtualmente silenciosamente e sem emissões de gases prejudiciais ao meio ambiente, ou compostos de nitrogênio e enxofre no ar na área. ”

O Tesla Model S está equipado com uma bateria de 100 kWh, o que significa que uma bateria de 5 MWh equivale a 50 veículos Tesla Model S.

Junto com a bateria, que pesa 65 toneladas, o navio possui "um grande reservatório de aquecimento com capacidade de 5 megawatt-hora que utiliza o calor residual do ciclo da água de resfriamento do motor e dos gases de escape para fins de aquecimento a bordo".

Está instalado em um navio de 160 metros de comprimento, com capacidade para 2.000 passageiros e cerca de 500 carros. Fornecerá "capacidade significativamente aumentada na rota entre a Noruega e a Suécia".